28 setembro 2021
28 set 2021

Uma reunião de Culturas no Canadá

Uma reunião de Culturas no Canadá
A Região do Canadá realizou sua assembleia anual em Arnprior, Ontário. O tema foi "Vida Fraterna em Comunidade".
email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

A Região do Canadá realizou sua assembleia anual em Arnprior, Ontário. O tema foi “A Vida Fraterna em Comunidade”. O P. Jean-Hubert Thieffry, de La communauté du Chemin Neuf, conduziu os SCJs em uma reflexão sobre a encíclica do Papa Francisco “Fratelli Tutti”.
Os participantes fizeram vários exercícios que permitiram ao grupo refletir sobre suas raízes culturais. Havendo nove grupos culturais representados na assembleia, cada cultura foi convidada a fazer uma apresentação. Uma reflexão sobre o povo aborígine do Canadá também foi incluída.
“Quando o P. Gustave propôs no Conselho Regional que nesta assembleia cada um de nós fizesse uma reflexão sobre nossas raízes culturais, eu respondi dizendo que não deveríamos esquecer as raízes culturais mais profundas no Canadá, que é com os povos aborígines”, escreveu P. John van den Hengel, SCJ. “Quando propus esta reflexão, a descoberta das sepulturas não marcadas em antigas escolas residenciais era um assunto em alta no país. Se quisermos falar sobre as raízes culturais e o que isso significa no Canadá, temos que levar em conta que além de nossas raízes culturais de nascimento e das raízes culturais francesas e inglesas – nossas raízes canadenses – há um outro fator, um outro registro, que tendemos a negligenciar. Este é o relacionamento com os povos aborígenes do Canadá. Não podemos ser Canadá e canadenses a menos que mergulhemos em nosso passado e assumamos uma relação com os povos aborígines. Não podemos progredir como nação, como povo, a menos que voltemos em nossa busca por raízes, descobrindo o passado do Canadá e possuindo-o de uma nova maneira. Essa percepção é recente, embora tenha havido uma consciência difusa e não mencionada dessa realidade.”.
Leia o texto completo de P. John no link a seguir (em inglês):
Raízes culturais: Nosso relacionamento com os povos indígenas.
A Região também celebrou os aniversários de profissão e ordenação em uma missa de encerramento. P. Richard Woodbury, SCJ (50 anos de ordenação) foi o celebrante principal, e P. James Casper, SCJ (55 anos de ordenação) fez a homilia.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para