Kisangani


email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

O “Centro Mons. Grison” recebeu este nome do nome do primeiro missionário dehoniano a chegar à República Democrática do Congo, um pioneiro da evangelização, Padre Emile Grison, que passou a chamar-se Gabriel Grison em homenagem ao anjo que anunciou a Maria que seria mãe do Senhor. Inicialmente, a Casa Mons. Grison era uma comunidade dehoniana habitada apenas por religiosos. Em 1964, passou a ser a Casa Provincial. Após a transferência da Casa Provincial para a cidade, em 1985, a casa foi transformada no Centro Mons. Grison, passando a ser uma casa de retiros. Entre 1998 e 2004, uma parte do Centro serviu como postulantado e noviciado para candidatos dehonianos. Entretanto, o Centro foi renovado e ampliado. Actualmente existem 60 quartos, 4 salas de conferências, 2 refeitórios e 2 capelas.

Temos dois tipos de actividades: espirituais (retiros, conferências, acompanhamento) e sociais (cursos de formação das pessoas). Oferecemos também possibilidades de alojamento e restauração.

No nosso apostolado, damos um lugar privilegiado às actividades relacionadas com o nosso carisma, tais como a adoração eucarística, o estudo bíblico e a formação social do povo.

Os grandes desafios que enfrentamos são de natureza logística e têm a ver com a manutenção desta estrutura e com os custos com os funcionários. Estamos também a pensar na criação de uma equipa de animadores e no possível alargamento da utilização do nosso Centro.

 

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para