09 janeiro 2021
09 jan 2021

P. Messias Alberto Lopes

P. Messias Alberto Lopes
* 17.10.1970
† 09.01.2021

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Padre Messias Alberto Lopes nasceu no dia 17 de outubro de 1970 e tinha 50 anos. Fez os primeiros votos no dia 6 de janeiro de 1998 e foi ordenado sacerdote no dia 30 de janeiro de 2005.

Atualmente residia em Quelimane (Moçambique). Ele pertencia à Província MOZ.

Não se perturbe o vosso coração! Credes em Deus, crede também em mim. (Jo 14,1)


O Pe. Messias Alberto Lopes, membro da Congregação, nasceu em Alto Molocue aos 17/10/1970. Fez os seus estudos em várias escolas entre Molocue e Quelimane.  Em 1990 foi recebido como postulante e depois como noviço em Janeiro de 1991, chegando a emitir a profissão religiosa em Janeiro de 1992. Mas depois da primeira experiência teve uma interrupção sem votos (1995-1997). Para o seu regresso foi-lhe pedido de repetir o Noviciado, e assim fez. Portanto emitiu a primeira profissão aos 06/01/1998, em Gurue.
Depois da Profissão efectuou os seus estudos teológicos nos Camarões, na nossa comunidade de Ngoya (1998-2002).
Após o regresso dos Camarões emitiu os votos perpétuos a 08/12/2003.
Foi ordenado Diácono a 21/03/2004 em Nampula.
Foi ordenado Presbítero aos 30/01/2005 em Alto Molocue.
Depois de vários serviços prestados em diferentes comunidades (Quelimane, Gurue, Alto Molocue) enfrentou umas dificuldades que o levaram a ficar novamente fora da comunidade religiosa (desde Dezembro 2013). No entanto sempre manteve vivo o diálogo com a congregação e os superiores. Pouco aos poucos cresceu o desejo de voltar a exercer o ministério sacerdotal mas a serviço duma diocese. Em 2020 foi aceite pelo bispo de Quelimane a fazer uma experiência de incardinação. Foi assim que ele ficou inserido na comunidade da Catedral de Quelimane. infelizmente, antes de receber o indulto oficial da Santa Sé, acabou indo para o Pai do Céu no dia 09 de Janeiro de 2021, em Quelimane, vítima de doença inesperada e repentina.
O entregamos ao Coração de Jesus que ele amava. No Céu encontrará também Pe. Dehon, cuja espiritualidade ele valorizava.
Foi sepultado no Cemitério Municipal de Alto Molocue depois da missa de corpo presente no dia 12 de Janeiro de 2021.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter