08 outubro 2021
08 out 2021

Um mês de graças para Madagascar

Pela primeira vez na história dos dehonianos em Madagascar, é registrado um grande número de candidatos à vida religiosa.

por  Emmanuel Randrianirina scj

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

O mês de setembro foi um mês de graças para a Região de Madagascar. Tudo aconteceu repentinamente.

De 21 a 23 de setembro de 2021 tivemos uma assembleia “que valeu muito a pena”. Como a maioria dos confrades estava presente, pudemos falar abertamente dos assuntos da região de forma fraterna, face a face. A moto diretriz da assembleia foi retirada de Mc 1, 38, que diz: “Jesus respondeu: “Vamos para outro lugar – para as aldeias próximas – para que eu possa pregar ali também”. É por isso que eu vim”.

Logo depois, conduzido pelo Padre Sugino, o “Retiro Anual” foi realizado durante cinco dias. Durante cinco dias abençoados, pudemos seguir os passos do estilo de vida espiritual do Padre Dehon, revisando e refletindo também sobre as nossas conquistas.

Enquanto as graças se derramavam, na noite de 28 de setembro, 25 postulantes e 7 noviços foram recebidos para iniciar sua jornada na Casa Dehon. Conforme registrado na história da região, este será o primeiro grande grupo a ser instalado no Noviciado.

Finalmente, na Solenidade dos Arcanjos – 29 de setembro de 2021- 5 noviços professaram seus primeiros votos em resposta ao chamado do Senhor. Presidida pelo Superior Regional, Padre Yvon Mathieu, a celebração aconteceu na Capela do Noviciado ‘Maison Père Dehon’ em Andranobe-Antsirabe. Estes são os nomes daqueles que emitiram seus primeiros votos: Moustafa, Randrianarisoa Fitiavana Patrick, Ralahadinirina Arsène Frederic, Raharimanana Erice e Botosoa Rasoamananamana Bernard

Que Deus os abençoe em sua vocação e os ajude a perseverar na sua jornada.

Artigo disponível em:

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para