Beata Maria Clementina Anuarite1 de dezembro, Memória facultativa SCJ

Com coração aberto » 1 dezembro 2021

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

A Beata Maria Clementina Anuarite Nengapeta nasceu em dezembro de 1939, em Wamba (Congo), no seio de uma família pagã: o pai deu-lhe o nome de Nengapeta. Depois da conversão ao cristianismo, ainda jovem entra na congregação das Irmãs da Sagrada Família. É acompanhada espiritualmente por Mons. Wittebols, scj. Humilde e obediente, move-se por um elevado sentido de serviço, de participação ativa e de colaboração na vida comunitária.

A 29 de novembro de 1964 é presa pelos rebeldes Simba, com outras irmãs. Transportada num camião para Isiro, depois de selvagens maus tratos, é barbaramente assassinada a 1 de dezembro de 1964 pelo capitão Olombe, a cujas exigências desonestas recusou energicamente aceder: “Prefiro morrer a pecar”, disse. Antes de cair sob os golpes do feroz Olombe, como Jesus na cruz, perdoa-lhe com estas palavras: “Perdoo-te porque não sabes o que fazes”. Tinha 25 anos. Foi beatificada por João Paulo II em 1985.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para