25 novembro 2022
25 nov 2022

Educare com a mente e o coração abertos

A Comissão Educare reuniu-se em Roma no início de novembro. Entre as prioridades: acompanhamento dos educadores e mais comprometimento com a rede social. O ano de 2023 será dedicado ao tema da reparação.

por  Levi dos Anjos Ferreira, scj

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Bridget Martin, Franz-Joseph Hanneken, P. François Njiman, P. Donatus Kusmartono e P. Silvano da Costa, juntamente comigo e com o Padre Stephen, encontrámo-nos aqui em Roma nos dias 3 e 4 de novembro. Juntos formamos a comissão EDUCARE. A comissão promove o contato entre todas as instituições educacionais dehonianas espalhadas pelo mundo. E há muitas delas! Esperamos oportunamente apresentar todas elas no site oficial da Congregação.

Além do encontro presencial, este encontro tinha também o objetivo de garantir a continuidade do cultivo do espírito dehoniano e da identidade dehoniana nas nossas instituições educativas. O nosso desejo é que também os professores sejam bem acompanhados e munidos de material para que os alunos sintam a importância da formação cristã (dehoniana) nas nossas escolas.

Para que isto aconteça de forma articulada e frutuosa, queremos promover o contato e a colaboração entre as instituições educativas. Acreditamos que isto significa que tanto estudantes como professores se beneficiarão não só do intercâmbio religioso, mas também de dimensões culturais e sociológicas.

Continuaremos a escolher temas a partir dos quais as escolas possam desenvolver atividades ao longo do ano letivo, sempre com vista a um possível intercâmbio entre as pessoas à medida que partilham atividades. Um tema inspirador para o ano 2023 será o nosso “Open heart and mind” frequentemente utilizado, combinado com o nosso espírito de Reparação Congregacional. Com base nisto, cada escola elaborará um programa de atividades. Lembro a vocês que muitas ações já estão a decorrer. Não estamos começando do zero. Sigam a nossa homepage nos próximos meses, e saberão mais.

O Pacto Global de Educação lançado pelo Papa Francisco em 2020 centra-se na urgência de dar uma educação de qualidade. Estamos convencidos de que tal Pacto ajudará a sociedade a humanizar a educação, colocando a pessoa no centro do processo educativo. Queremos criar nos nossos centros a consciência da importância deste Pacto e promover a cultura da “pedagogia do cuidado”, para sensibilizar estudantes, professores e colaboradores para cuidar da nossa casa comum, bem como dos seus habitantes.

Embora estejamos em países diferentes com culturas e línguas únicas, isto não deve ser uma barreira à interação e comunicação entre as entidades. A videoconferência internacional proporciona uma excelente oportunidade para melhorar as capacidades em línguas estrangeiras. Aplaudimos também os esforços acrescidos nos nossos espaços educacionais para continuar a desenvolver o inglês como língua útil para a comunicação no seio da Congregação.

Artigo disponível em:

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para