28 julho 2021
28 jul 2021

Um Presente de um padre

O Juiz Frank Caprio recebe um presente inesperado de um padre dehoniano.

por  Mary Gorski
email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Normalmente, quando as palavras “padre” e “doação” estão na mesma frase, a suposição é que o padre esteja buscando uma doação para qualquer ministério no qual esteja envolvido. Mas quando Pe. Mark Mastin, SCJ, apareceu num tribunal com um cheque de US$ 1.000, foi para fazer uma doação para outra pessoa: Juiz Frank Caprio. Desde 1985, Caprio atua como Juiz Chefe Municipal em Providence, Rhode Island (EUA). Sua compaixão, bondade e humor fizeram dele uma lenda local, e nos últimos anos através vídeos e televisão, um exemplo nacional de justiça e misericórdia.

Inspirado pelo senso de “misericórdia e julgamento justo” do juiz Caprio, Pe. Mark decidiu fazer uma visita à sala do tribunal do juiz e oferecer uma doação de US$ 1.000,00.

“O sistema judicial é sobre misericórdia e julgamento justo… viajar com alguém e tirá-lo das profundezas do desespero”. Você representa o que o sistema de justiça deveria ser, a verdadeira justiça”, disse Pe. Mark.

Veja o vídeo do Pe. Mark e do Juiz Caprio interagindo um com o outro na sala de audiências.

Da mensagem do Pe. Mark ao Superior Geral:

Caro Pe. Carlos. Agradeço-lhe por suas amáveis palavras. Eu estava na cidade para participar de uma cerimônia de Promoção Militar para meu ex-comandante. Como você deve saber, fui Capelão do Exército e servi tanto na guerra do Iraque quanto na do Afeganistão. Fui ao tribunal apenas para deixar o dinheiro que minha família e amigos me doaram para ajudar os pobres a pagar as multas do tribunal e agradecer ao juiz pelo trabalho misericordioso que ele faz para os pobres e veteranos militares. O juiz Caprio, um católico praticante, insistiu para que eu viesse ao tribunal. Eu estava a par da ideia que seria filmado. É muito humilhante ter cerca de 800.000 mil pessoas me mandando mensagens de texto e me escrevendo na internet. Eles elogiam o Juiz e a mim por nossas palavras para aqueles que não têm voz na vida. Muitos desses estranhos foram levados às lágrimas e tiveram sua fé restaurada no sacerdócio e na Igreja Católica. Mesmo judeus e muçulmanos e pessoas de todo o mundo comentaram positivamente a respeito do vídeo. Certamente Deus trabalha em modo estranho. Como alguém que fez podcasting e se envolveu na pastoral juvenil, precisamos desta mensagem para divulgar a misericórdia do Sagrado Coração. Eu tentei, à minha maneira, nos últimos 21 anos, mostrar à nossa província americana o poder da mídia. Talvez isto possa nos mover a usar a mídia como uma ferramenta de Deus e de nossa espiritualidade dehoniana. Agradeço novamente por seus comentários generosos. Deus abençoe e boa voagem. Per COR Jesus.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para