15 dezembro 2023
15 dez 2023

100 anos de presença dehoniana na África do Sul

De 27 a 30 de novembro de 2023, a Província da África do Sul celebrou o centenário da presença dos Sacerdotes do Sagrado Coração na África do Sul.

por  Sylvester Mutale SCJ

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Participantes das nossas Entidades dehonianas

Dezasseis dehonianos de várias entidades da Congregação juntaram-se aos confrades da Província da África do Sul para a celebração do centenário da presença dehoniana na África do Sul. Entre os visitantes estavam o Ecónomo Geral, P. Luca Zottoli SCJ, juntamente com o Sr. Aldo Ivaldi; da Província Alemã, o P. Gerd Hemken SCJ, procurador das missões, e o P. Edwin Rombach SCJ, que já trabalhou na Província da África do Sul; o Superior Provincial dos Estados Unidos da América, P. Vien V.  Nguyen; da Província Polaca, o Superior Provincial,

Zbigniew Chwaja Sacerdotes do Coração de Jesus, juntamente com o Secretário Provincial, Fr Marek Bialozyt Sacerdotes do Coração de Jesus, bem como outros representantes, nomeadamente o P. Marek Przybys, que fora Superior Provincial da Província Sul Africana,

o P. Zbigniew Chwaja, que fora missionário na África do Sul e desempenha agora a função de procurador das missões, na Província Polaca, o P. Wojciech Wozniak Sacerdotes do Coração de Jesus, que também tinha trabalhado como missionário na África do Sul; da Província dos Camarões, o P. Noudjom Tchana Pascal Alban SCJ, Superior Provincial e o P. Gilbert Kamta Tatsi; da Província de Moçambique, o P. Sandro Capoferri, Superior Provincial; da Região de Madagáscar, o Superior Regional, P. Jean Leonard Ramarofanomezana; do Distriot da Índia, o Superior Distrital, P. Michael Benedict.

Os convidados foram acolhidos pelo Superior Provincial da África do Sul, P. Piotr Surdel. Esta presença de 100 anos na África do Sul foi celebrada com a presença dos nossos dois Bispos dehonianos, D. Zolile Mpambani, Arcebispo de Bloemfontein, e D. Adam Musialek, Bispo de De Aar.

Memória histórica e empenhamento pastoral

A abertura das comemorações foi no dia 27 de novembro, começando com a missa, presidida pelo Ecónomo Geral, P. Luca Zottoli. O programa principal do dia foi o Seminário Teológico, que centrado no aspeto histórico da Província, no trabalho pastoral na Igreja da África do Sul, realizado pelos primeiros missionários dehonianos alemães, em Aliwal North, onde chegaram no dia 28 de novembro de 1923. Mais tarde, os Missionários Dehonianos americanos chegaram ao Cabo Setentrional nos anos 40, mais precisamente à Diocese de De Aar. No final dos anos 80, os missionários polacos viriam a juntar-se à Missão Dehoniana da África do Sul.

Os Sacerdotes do Sagrado Coração têm-se empenhado no trabalho social, na educação, nos cuidados de saúde, na pastoral prisional, na justiça e paz, e no trabalho paroquial, em conformidade com a missão da Igreja e a missão da Congregação.

Celebrações de missa

No dia 28 de novembro, foi a abertura oficial com uma Missa solene, na Catedral do Sagrado Coração de Jesus de Aliwal North, a que presidiu o nosso confrade D. Zolile Mpambani, tendo estado presentes também outros bispos: D. Adam Musialek, bispo de De Aar, e D. Joseph Kizito, bispo de Aliwal North.

No dia 29 de novembro, foi a vez do P. Vien Nguyen, Superior Provincial dos Estados Unidos da América, de presidir à missa. Na sua homilia, o P. Vien evidenciou as semelhanças e a relação entre as duas Províncias.

Peregrinações

Seguiu-se a peregrinação jubilar à Missão Teresa, com 10 paragens em locais onde trabalharam os nossos primeiros missionários. Esta missão, atualmente, é servida por sacerdotes diocesanos. O dia foi marcado por um acolhimento tradicional em Mmusong Outstation, com uma refeição de tradição Sotho, carinhosamente servida pela comunidade de Mmusong, em que houve danças tradicionais e partilha das memórias dos Missionários que plantaram a Fé na área.

No dia 30 de novembro, realizou-se uma peregrinação jubilar à Diocese de De Aar, que foi o primeiro lugar onde os Missionários Dehonianos da América trabalharam, a partir dos anos 40. Recorde-se que atualmente o bispo  desta diocese é o nosso confrade D. Adam Musialek.

Os visitantes das diversas Entidades dehonianas foram recebidos por D. Adam Musialek SCJ e celebraram a missa na Catedral da Diocese de De Aar, a que presidiu aquele nosso confrade, tendo proposto uma reflexão histórica sobre a fundação da Diocese e a presença dos Missionários Dehonianos da América, que chegaram a esta parte da África do Sul nos anos 40.

Com o Bispo Adam foi possível visitar as missões da Diocese, com particular enfique nos projectos sociais que foram iniciados pelos Missionários dehonianos na Diocese.

Dando graças a Deus pelos nossos 100 anos de presença dehoniana na África do Sul, encaramos o futuro com esperança, pois fomos abençoados com os nossos jovens irmãos religiosos cheios de talento e de zelo para continuar a missão da Igreja e da nossa Congregação, que os Missionários Dehonianos, há 100 anos, plantaram na África do Sul.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Leia a Política de Privacidade e escreva para