01 October 2015
01 Oct 2015

Carta de Aparecida: encontro de Párocos

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

2015-10-01 BSP

Nós, trinta e cinco párocos dehonianos, reunidos com o Governo Provincial, assessores e convidados, no Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, recordamos a nossa história, partilhamos os nossos sonhos e rezamos por nossos paroquianos e comunidades religiosas, de modo especial por nossos vigários paroquiais.

O objetivo desse encontro foi recordar nossos saberes sobre o perfil dehoniano da paróquia, conhecer outras experiências, aprofundar o que significa gestão corporativa, refletir sobre nossa realidade atual e projetar algumas linhas de ação conjunta para o apostolado paroquial nos próximos anos.

Entendemos por gestão corporativa a administração compartilhada no trabalho em grupo, que permite superar os vícios do individualismo e da mesmice, promovendo a inovação, a transparência financeira e a prestação de contas. Isto exige canais criativos e eficientes de comunicação.2015-10-01 BSP logo

Estamos convencidos de que o carisma dehoniano é a alma de nossas paróquias. Ali vivemos a comunhão eclesial na disponibilidade oblativa e na solidariedade reparadora. Esta mística converte nossas paróquias em casas de misericórdia, especialmente para os pobres, excluídos e sofredores; “uma Igreja em saída chamada a ser sempre a casa aberta do Pai” (EG 47). “Somos profetas do amor e ministros da reconciliação” (CST 7).

Para melhor viver o carisma dehoniano nas paróquias, em comunhão com a província e com a Igreja local, assumimos quatro compromissos concretos:

  1. PRIMADO DA COMUNIDADE: Buscar meios para viver a vida fraterna em comunidade em todas as paróquias como testemunho visível de nossa missão. Este é nosso primeiro apostolado. Na paróquia, rede de comunidades, a comunidade religiosa – discípula missionária – é uma célula deste corpo eclesial (cf. DAp, 172; CNBB, Doc. 100, nº 136).
  2. GESTÃO CORPORATIVA: Promover a cultura da administração compartilhada, isto é, “em linha”, tomando as decisões relativas à ação pastoral de modo a envolver os párocos, os vigários paroquiais e as lideranças leigas. Que haja corresponsabilidade e que ninguém decida sozinho.
  3. FORMAÇÃO PROGRAMADA: Procurar formação específica para a atuação no apostolado paroquial; promover a qualificação para o desenvolvimento e aplicação de projetos.
  4. SUBSÍDIOS ESCRITOS: Elaborar um Manual do Dehoniano em Paróquia.

Para isso pedimos a intercessão da Virgem Mãe Aparecida, primeira cristã, discípula missionária do Sagrado Coração de Jesus.

Aparecida-SP, 3 de setembro de 2015

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter