15 junho 2016
15 jun 2016

Chamados a ser misericordiosos

por  José Agostinho Sousa, scj  

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

2016-06-16 POR

Inspirada no tema “Chamados a ser misericordiosos”, a Família Dehoniana promoveu a sua tradicional peregrinação anual a Fátima, nos dias 4 e 5 de Junho. Sendo já tradição que se mantém há uns anos, poderia concluir-se que se tratou de mais uma…

Mas este ano houve alguns motivos que tornaram especial esta Peregrinação. Os Sacerdotes do Coração de Jesus – Dehonianos – estão a celebrar 70 anos de presença Dehoniana em Portugal e 50 anos da criação da Província Portuguesa. Estes foram os grandes motivos que tornaram tão especial a nossa Peregrinação, a par do Jubileu Extraordinário da Misericórdia que estamos a viver.

Estes factores fizeram com que fôssemos muitos a peregrinar até Fátima. Não sabemos ainda ao certo quantos, mas apresentámo-nos em número muito significativo. A Peregrinação teve o programa que é mais ou menos o habitual: alguns grupos foram no Sábado, a grande maioria foi apenas no Domingo, incluindo um grupo significativo de antigos alunos do Seminário Missionário Padre Dehon, que ali chegou de bicicleta. Estiveram presentes pessoas vindas dos mais variados lugares, onde desenvolvemos a nossa missão pastoral, de Norte a Sul e Ilhas. O P. Fernando Fonseca e o P. Humberto Martins presidiram à recitação do terço na Capelinha das Aparições; D. José Ornelas, dehoniano e bispo de Setúbal, presidiu à Missa celebrada no recinto.

A tarde foi passada, como sempre, no Centro Pastoral Paulo VI, preenchida pelo visionamento dum powerpoint com a história da presença Dehoniana em Portugal, intercalado por canções compostas e interpretadas por alguns autores dehonianos. O P. Francisco Costa e a Emília Meireles encarregaram-se da apresentação, a banda Spiritus encarregou-se da animação, passando o testemunho dessa animação para a Claudine Pinheiro, já no final da sessão.

Participaram na Peregrinação o P. Artur Sanecki, Conselheiro Geral, e os PP. Aquilino Mielgo e Manuel Briñon, representantes da Província de Espanha. O tom geral da Peregrinação foi de muita festa, alegria, convívio fraterno, louvor e acção de graças a Deus. No final foi distribuído um rosário comemorativo a todos os participantes e toda a gente voltou feliz para suas casas, agradecendo à Senhora de Fátima jornada tão bem passada. Para o ano há mais, se Deus quiser!

Em nome de toda a Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesus, agradeço a participação de todos e o empenho de quantos tornaram possível a realização de tão importante e significativo evento. Que a todos o Coração de Jesus recompense e a Senhora de Fátima proteja.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter