05 maio 2021
05 mai 2021

Educando de acordo com o Coração de Cristo

"Fiéis ao exemplo do Padre Dehon, continuamos a lutar pela educação num sentido holístico, que forma estudantes e professores inteligentes, honestos e santos".

por  Stephen Huffstetter, scj and Levi dos Anjos Ferreira, scj

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Para P. Dehon, a educação sempre foi um valor e uma prioridade. Segundo ele, educar não era apenas transmitir conceitos aprendidos e herdados, mas acima de tudo formar o caráter de uma pessoa. Ele escreveu: “O caráter é de capital importância na vida das pessoas, assim como na vida das nações”. É um dos principais fatores no destino de cada um deles.  A vida de um indivíduo, assim como de um povo, reside principalmente no que constitui seus sentimentos, suas paixões e sua vontade.  Um defeito de caráter pode arruinar uma vida inteira” .

Dehon colocou em prática sua maneira de entender o papel da educação no ambiente católico com sua própria pedagogia. Para ele, formar caráter significava voltar-se para as coisas de Deus e se manter em constante harmonia com os valores celestiais. Ele abraçou o trabalho no Colégio São João com todo o seu coração. Ele amava ensinar, estar com os alunos e, sobretudo, “cuidar” das almas daqueles cuja educação lhe foi confiada. Nosso fundador concebeu a educação como um processo pelo qual uma pessoa entra em contato com os valores divinos e espirituais que lhe permite ser um sinal de testemunho do amor misericordioso de Deus na sociedade.

Hoje, a Congregação tem cerca de 50 centros educacionais espalhados pelo mundo. Eles não são apenas grandes escolas, mas também pequenos centros paroquiais onde nossos confrades oferecem às comunidades carentes acesso à educação.

Para conhecer mais profundamente a realidade de cada instituição SCJ e promover contatos e intercâmbios, o Governo Geral criou a comissão Educare para reunir representantes dessas instituições SCJ a fim de compartilhar a espiritualidade dehoniana, apresentar idéias interessantes e criativas sobre atividades para os estudantes e conhecer o “modus vivendi” de cada país e região onde os dehonianos estão ativos. Acima de tudo, o objetivo é implementar um estilo de educação dehoniano.

Cada membro é responsável por sua própria escola e em contato com outras escolas da área. Eles são: Franz-Josef Hanneken (Alemanha/Europa), Bridget Martin. (EUA/América do Norte), Javier Luengo (Espanha/Europa), Silvano da Costa (Brasil/América Latina) e Donatus Kusmartono (Indonésia/Ásia). Após a recente aposentadoria do Dr. Laurence Lambotours (Madagascar/África), há atualmente uma vaga na comissão. 

Com o desejo de intensificar o “Nós Congregação” entre as escolas e de tornar mais evidente a espiritualidade dehoniana, somos inspirados por temas comuns. A partir deles, desenvolvemos atividades concretas com estudantes e funcionários. Em 2020, por exemplo, o tema era Sint Unum. Em 2021 é o Ecce venio. No futuro, publicaremos vídeos, fotos e entrevistas que demonstram o belo trabalho que nossas escolas dehonianas fazem com a juventude. Nosso desejo é educar no estilo dehoniano.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter