P. Robert Tucker

P. Robert Tucker

* 21.05.1952
† 23.01.2021
email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Padre Robert Tucker nasceu no dia 21 de maio de 1952 e tinha 68 anos. Fez os primeiros votos no dia 25 de junho de 1975 e foi ordenado sacerdote no dia 16 de outubro de 1982.

Atualmente residia em Chicago (Estados Unidos da América). Ele pertencia à Província USA.

O Senhor é meu pastor, nada me falta (Sl 23,1)


 

Nos últimos anos, P. Bob foi acometido por um distúrbio respiratório que levou a um transplante pulmonar em julho passado. Ele não conseguiu se recuperar totalmente do transplante e passou aos cuidados paliativos pouco antes de sua morte. P. Quang Nguyen, scj (vice superior provincial), P. Jim Schroeder, scj, (membro de sua comunidade em Sacred Heart at Monastery Lake) e Mary Balistreri (diretora provincial de saúde) estavam com ele quando morreu.

A missão mais recente de P. Bob foi com a equipe de formação da Província. Ele foi fundamental para supervisionar a mudança do programa de Chicago para o Sacred Heart Monastery em Hales Corners. Antes disso, grande parte de sua vida foi dedicada ao ministério paroquial.

Sua primeira missão foi na Paróquia St. Cecilia em San Antonio, em 1982. De lá ele foi para sua cidade natal Detroit, servindo na Paróquia St. Rosa of Lima, a mesma da sua infância. Também foi ministro em Milwaukee e em Houston nas Paróquias St. Elizabeth Ann Seton e St. Matthew. Antes de mudar-se para Chicago, ele serviu como membro da equipe pastoral que atende grande parte do norte do Mississippi através das Sacred Heart Southern Missions (Missões do Sul do Sagrado Coração).

Em 2017, ele refletiu sobre sua vocação:

“Meu chamado à vida religiosa foi alimentado pelos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus que vieram à minha paróquia de origem, no interior da cidade de Detroit. Foi então que meu amor pela liturgia começou a crescer. Muitas vezes reflito sobre a passagem evangélica proclamada quando fiz meus primeiros votos na Congregação em 1975: ‘E, uma vez à mesa com eles, tomou o pão, abençoou-o, depois partiu-o e distribuiu-o a eles. Então seus olhos se abriram e o reconheceram… E disseram um ao outro: «Não ardia o nosso coração quando ele nos falava pelo caminho, quando nos explicava as Escrituras?»’ (Lc 24,30-32).

Durante meus 42 anos como membro dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus, lembrei-me e refleti muitas vezes sobre esta passagem. Vejo nesta passagem o que nosso batismo e nossa vida como SCJ nos chama a realizar, isto é, escutar e refletir sobre a Palavra de Deus falando ao nosso coração, a fim de que possamos reconhecer Jesus no partir do pão. Reconhecer Jesus no partir do pão nos envia para sermos profetas do amor e servidores da reconciliação.

Como sacerdote, tive o prazer de celebrar a maravilha do amor do Coração de Jesus na celebração da Missa. Servi como sacerdote em San Antonio, Detroit, Milwaukee, Houston e no norte do Mississippi.

É um privilégio estar com nossos candidatos e estudantes religiosos em sua jornada de discernimento vocacional para ser membro da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus. Minha esperança é que descubramos corações ardentes dentro de nós enquanto Cristo fala a nossos corações e que também o conheçamos no partir do pão e no rosto de nossos irmãos e irmãs. Porque, como Cst. 81-82 nos desafia, ‘a Eucaristia repercute em tudo o que somos e vivemos… e nos envia sem cessar pelas estradas do mundo, a serviço do Evangelho’”.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter