21 janeiro 2021
21 jan 2021

É sempre Natal

É sempre Natal
O tempo do Natal já passou. Os confrades jovens da Índia construíram um presépio COVID-19: um símbolo que vai além do Natal.
por  Michael Augustine, scj
email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Durante o período de Natal, construímos um presépio especial: o presépio Covid. Ele simboliza a solidariedade com a humanidade sofredora! Representa também a solidão com a multidão que sofre! Em termos positivos, a cósmica crise Covid resultou nos seguintes 3 benefícios, como refletido nesse Presépio de Natal Covid.

Proximidade transpessoal:

A pandemia restabeleceu a fé no Divino, a realidade sobrenatural e a confiança total nele. Descobriu-se que as pessoas passam tempo com o Senhor em oração, independentemente das religiões, e estão à procura de novas esperanças e, acima de tudo, do fim imediato desta terrível realidade desastrosa.

A proximidade interpessoal:

A pandemia nos lembrou os valores centrais da humanidade, da integridade e da fraternidade. Muitas mãos e corações generosos vieram à tona e estendem ajuda às pessoas que estão desesperadamente desamparadas em termos humanitários (como o fornecimento de alimentos, provisões, cuidados de saúde, hospitalidade, etc.). A pandemia nos uniu emocionalmente para experimentar a ligação afetiva como seres humanos. Agora somos levados a acreditar que nenhum desastre natural pode dividir ou nenhum sofrimento pode perturbar o espírito de ser humano.

A proximidade cósmica:

A realidade pandêmica é a fúria da natureza devido à exploração que ela sofreu ao longo dos anos pelos chamados dominadores (a humanidade como um todo) e seu fracasso em fomentar e obter os recursos naturais dados para o bem-estar da humanidade. Quanto mais adulteramos a natureza, ela, por sua vez, alterará nosso ritmo normal. A pandemia nos deu consciência cósmica e consciência ecológica e nos permite cuidar da Mãe Terra, “nossa casa comum” (Papa Francisco, Laudato Sì) com a dignidade e o respeito que ela merece. Começamos a contemplar o cosmos e a criar empatia com a ecologia que nos torna a todos cuidadores fiéis e não errantes distraídos!

 

Que nossa proximidade, singularidade e unidade brilhem nesta era sombria de distância, desastre e dificuldade!!!

 

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter