07 dezembro 2020
07 dez 2020

Três tufões sucessivos atingem as Filipinas

Os dehonianos respondem à calamidade natural nas Filipinas.

por  Nathaniel Robilla, scj

email email whatsapp whatsapp facebook twitter versão para impressão

Desde o início do ano 2020, o norte das Filipinas tem sido afetada por calamidades como a erupção do vulcão Taal, localizado na província de Batangas, em 12 de janeiro. As pessoas em Manila e cidades próximas foram afetadas pelas cinzas. No dia 15 de março, começou o lockdown onde as famílias ficaram em casa devido à pandemia do corona vírus, que paralizou o país inteiro. No dia 25 de outubro, o tufão Quinta atingiu o norte de Visayas e algumas partes do sul de Luzon. Em 2 de novembro, o tufão Rolly atingiu o sul de Luzon e em 11 de novembro, o tufão Ulysses atinge Central Luzon onde muitos foram afetados mais do que com os tufões anteriores.

Mesmo com a ameaça da pandemia, as três paróquias administradas pelos dehonianos puderam ajudar na necessidade urgente dos paroquianos mais afetados pelos três tufões sucessivos. Na Paróquia de San Lorenzo Ruiz, o pároco P. Nino Etulle, scj e dois confrades saíram destemidamente da sacristia e foram ao povo para ajudar.

Eles puderam ajudar 300 famílias urbanas pobres através da Caritas Manila e da LGU (Unidade do Governo Local). Enquanto isso, eles não pararam o Programa de Alimentação Paroquial, podendo, com isso, alimentar 201 pessoas a cada semana. Eles também continuam fornecendo apoio educacional para 40 alunos onde a maioria deles tem suas aulas online.

Como receberam ajuda de diferentes instituições e de comunidades dehonianas com estabilidade financeira, eles puderam estender sua ajuda à Paróquia Banal na Krus e a outras comunidades no norte de Luzon que também foram afetadas por enchentes repentinas. Ajuda chegou em forma de doações financeiras e de bens às vítimas dos tufões.

A Paróquia Banal na Krus, administrada por P. Marcial Aguirre, scj com a ajuda de dois confrades, também socorreu mais de 300 famílias, contando com a ajuda da Paróquia de San Lorenzo Ruis, região filipina dehoniana e alguns benfeitores locais. O Programa de Alimentação da Paróquia tem sido realizado pela ação social da Diocese devido ao perigo de propagação do vírus.

A Paróquia de San Roque, administrada por P. Elpidio Luza, scj com a ajuda de dois confrades, também prestaram auxílio emergencial, especialmente às famílias que foram atingidas pela pandemia e pelos tufões. O Programa de Alimentação que a Paróquia vem realizando há muitos anos também foi suspenso neste tempo de pandemia devido ao aumento dos casos no local.

Na Dehon House, a comunidade escolástica tem dificuldade em enviar os escolásticos para suas atividades pastorais, pois na maior parte dos lugares onde costumavam ir ainda há casos confirmados de corona vírus. Entretanto, a comunidade escolástica tem compartilhado seus recursos financeiros.

As três paróquias dehonianas em Manila expressaram a mais sincera gratidão pelos muitos corações generosos que não suportam ver pessoas sofrendo com as devastações das calamidades e com a pandemia que colocam os pobres numa situação de pobreza ainda maior.

Assim as comunidades de Luzon expressam suas reflexões: “O pior momento que vivemos é o melhor momento para nos tornarmos dehonianos”.

Inscreva-se
na nossa newsletter

SUBSCREVA

Siga-nos
nos nossos canais

 - 

Inscreva-se
na nossa newsletter

Autorizo o uso dos meus dados pessoais